Blog do Stevens Rehen

Depois da CAPES, o CNPq
Comentários Comente

Stevens Rehen

Orçamento previsto para toda a pesquisa brasileira em 2019 é de 800 milhões.

Será praticamente o mesmo que governo gastará ano que vem com aumentos para o judiciário federal.

Efeito cascata causado pela votação dos super salários ontem no STF.

Como as bolsas estão vinculadas a projetos de pesquisa, serão dezenas de milhares de bolsistas sem ciência pra fazer, já que não haverá recursos para experimentos.

Herton Escobar escreve para o Estado.

https://ciencia.estadao.com.br/…/geral,cnpq-diz-que-so-tera…

Fonte da imagem: orelhasdevidro.com


Deadpool é todo boca?
Comentários Comente

Stevens Rehen

Feridas na boca se curam mais rápido e com menos cicatrizes do que feridas em outras partes do corpo, como a pele.

Certos fatores de transcrição estão consistentemente ativados nas feridas orais, mas não nas feridas da pele.

A superexpressão de alguns desses fatores de transcrição em camundongos com ferida cutânea estimulou sua cicatrização.

No futuro, a assinatura molecular da mucosa oral poderá ser usada para desenvolver terapias para a cicatrização de feridas de todo o corpo.

Artigo publicado na revista Science Translational Medicine

http://stm.sciencemag.org/content/10/451/eaap8798


Internacionalizar a ciência brasileira é…
Comentários Comente

Stevens Rehen

O trabalho é nosso, feito no Brasil e liderado pela UFRJ e Instituto D’Or.

Fruto do esforço de um time de primeira e da confiança que a empresa L’Óreal depositou na gente.

Internacionalizar a ciência brasileira é internalizar a ciência internacional em nosso país. O resto é perfumaria.

Ana Lucia Azevedo escreve para O Globo

Para saber mais: https://oglobo.globo.com/…/martirio-de-animais-reduzido-com…


Autismo e transplantes fecais
Comentários Comente

Stevens Rehen

Durante oito semanas, 18 crianças e adolescentes com autismo receberam transplantes fecais de doadores saudáveis.

Após o tratamento, as crianças tiveram menos problemas gastrointestinais, incluindo diarréia, constipação, dor abdominal e indigestão.

Sintomas como hiperatividade, ações repetitivas e irritabilidade, também melhoraram por até 2 anos após o término do tratamento.

A publicação original (de 2017) com todos os detalhes está disponível aqui: https://microbiomejournal.biomedcentral.com/…/s40168-016-02…

E um resumo com o follow-up de 2 anos nesse link: https://az659834.vo.msecnd.net/…/9e497a41972f4b2cbe0ee7a597…


O que aprendi nas quadras, tentei levar para os laboratórios
Comentários Comente

Stevens Rehen

Na década de 1980, eu acordava e dormia voleibol. Era o que mais fazia e só o que eu queria fazer.

O que aprendi nas quadras, tentei levar para os laboratórios.

No vôlei, assim como na ciência, não
dá pra ganhar sozinho, é ofício coletivo.

Você precisa de um bom time e de um bom técnico pra seguir em frente.

Anos depois tive a oportunidade de contar ao Bernardinho como a experiência com o voleibol me tornou um cientista melhor.


Prêmio Internacional Fiocruz Servier de Neurociência
Comentários Comente

Stevens Rehen

Ser cientista não é trivial. O trabalho não raro ultrapassa 12 horas por dia e continua nos finais de semana.

Por outro lado, são poucos os ofícios que te dão a liberdade para testar ideias, validar hipóteses e ainda melhorar o mundo.

Ontem foi um dia feliz, um estímulo a mais para todos que fazem a ciência importante para o Brasil.

Parabéns também para Flavia Gomes, vencedora na categoria ''distúrbios de neurodesenvolvimento''. Nós dois somos filiados ao Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ.

Internacionalizar a ciência brasileira é internalizar a ciência internacional em nosso país.


“E o pulso ainda pulsa”
Comentários Comente

Stevens Rehen

“E o pulso ainda pulsa

Hepatite, escarlatina
Estupidez, paralisia
Toxoplasmose, sarampo
Esquizofrenia
Úlcera, trombose
Coqueluche, hipocondria
Sífilis, ciúmes
Asma, cleptomania…

E o corpo ainda é pouco
Assim…”

Estamos de volta à década de 1980, quando os Titãs gravaram O Pulso.

Segundo o slogan, o Brasil voltou 20 anos em 2. Na verdade foram 30, com ou sem vírgula.

Sarampo e poliomielite são doenças humanas altamente contagiosas.

Sarampo é transmitido pelo ar, o vírus da pólio pela água e alimentos e foi detectado no aeroporto de Campinas em 2014.

Sem imunidade de rebanho, as doenças ressurgem.

Só as vacinas e a ciência salvam.

Clarissa Damaso alerta em importante entrevista para o Globo: https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/e-como-mergulhar-na-idade-das-trevas-diz-virologista-sobre-volta-do-sarampo-22861536


A mente bicameral de Crivella
Comentários Comente

Stevens Rehen

Julian Jaynes propôs que o ser humano não possuiria consciência até cerca de 3 mil anos atrás. Até então a mente seria dividida em duas partes.

A primeira ouviria vozes que guiariam as tomadas de decisão. A segunda simplesmente responderia a esses estímulos.

Seu livro de 1976 – The Origin of Consciousness in the Breakdown of the Bicameral Mind – inspirou Westworld.

Os robôs da HBO e nossos antepassados interpretavam as vozes ouvidas como de deuses ou de antepassados ​​mortos.

Com o tempo, as vozes foram suprimidas e a consciência “revelada” através da linguagem metafórica.

Os homens deixavam de ser reféns dos deuses, assim como os anfitriões da série norte-americana.

Talvez por conta dessa organização mental que os primeiros Estados basearam sua legitimidade no sagrado, quando rei era considerado deus ou seu mensageiro para desempenhar um poder político divino.

O Estado privilegiava uma religião em detrimento de outras ou daqueles sem crença.

Nos dias de hoje muita gente ainda retém vestígios de uma mente bicameral, principalmente pacientes com transtornos mentais.

Somente o bicameralismo para explicar o que aconteceu quarta-feira na sede da prefeitura do Rio de Janeiro.

A reportagem é de Bruno Abbie e Berenice Seara para O Globo: https://oglobo.globo.com/…/crivella-oferece-pastores-cirurg…