Topo
Blog do Stevens Rehen

Blog do Stevens Rehen

Categorias

Histórico

O Efeito Sagan

Stevens Rehen

10/12/2018 09h06

Havia um consenso velado entre cientistas americanos de que o nível de fama do pesquisador seria inversamente proporcional à sua qualidade acadêmica.

Cientistas populares, na verdade, nunca foram bem vistos por esses acadêmicos.

Não é surpresa portanto que a Academia de Ciências dos EUA jamais aceitou Carl Sagan como membro.

Colegas influentes o descreviam como "um divulgador que não era cientista de verdade", alguém que passava tempo de mais no "Tonight Show" e de menos envolvido no "trabalho árduo e nobre dos acadêmicos".

Apesar disso, como consultor da NASA, Sagan participou das missões que avançaram nossa compreensão sobre o sistema solar.

Sagan foi também o primeiro a sugerir que Vênus não possuía um clima semelhante ao da Terra, como os cientistas acreditavam anteriormente.

Mais tarde, ele ajudou a projetar e gerenciar as expedições da NASA para Vênus, o que confirmou sua teoria.

Sagan enxergava a imprensa como parceira e uma forma eficaz de influenciar políticas em relação à ciência.

Ele, junto com outros "cientistas visíveis", romperam com os métodos convencionais de popularização da ciência.

Além de suas credenciais acadêmicas, eles se importavam com a forma como se comunicavam, como a ciência deveria estar ligada a questões públicas e como poderiam ser interessantes enquanto personalidades.

Sagan frequentou a sala de estar de milhões de residências mundo a fora, encantando com sua escrita brilhante e aparições televisivas extravagantes as pessoas comuns.

Isso deve ter incomodado bastante a Academia Americana de Ciências. Afinal, acadêmicos ficam bem mais à vontade em suas Torres de Marfim. Azar daqueles que resolvem dar uma voltinha do lado de fora.

Em época de Trump, de Bolsonaro e de Erdogan que falta faz o exemplo de Carl Sagan e de mais cientistas visíveis.

Será que a Academia Americana de Ciências se arrepende?

Para saber mais:

https://www.sciencefriday.com/…/carl-sagan-and-the-rise-of…/

https://mashable.com/2013/10/21/carl-sagan-science/…

Sobre o Autor

"Stevens Rehen é um neurocientista brasileiro, coordenador de pesquisa do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e professor titular do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ. Também é Membro do Comitê Científico do Museu do Amanhã, Membro do Conselho Científico do Instituto Serrapilheira, Embaixador ASAPbio, Chair do Comitê Brasileiro da Pew Charitable Trust Latin American Program in the Biomedical Sciences, Coordenador científico da ArtBio, Membro da Academia de Ciências da América Latina e Membro Afiliado da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS).Prêmio Saúde 10 anos na categoria Saúde Mental e Emocional, Revista Saúde e Editora Abril (2015), Prêmio Faz Diferença, Jornal O Globo (2011), As 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2009 e novamente em 2011 (Revista Época). Os 8 brasileiros que estão moldando positivamente o futuro do país (Revista Fora de Série), Jornal Brasil Econômico, 2009. Contato para palestras, eventos e institucionais: srehen@uol.com.br"

Sobre o Blog

O cotidiano de um cientista no Brasil.