Topo
Blog do Stevens Rehen

Blog do Stevens Rehen

Categorias

Histórico

Genética de salão, do cafezinho e dos Neandertais

Stevens Rehen

10/03/2019 18h14

Comecei a beber café após os 40, quando ganhei de meu pai uma máquina "de expresso".

Gosto da sensação que o café provoca em mim, mas no máximo uma xícara por dia e até a hora do almoço. Do meio da tarde em diante, sei que terei dificuldades pra dormir à noite.

Fiz o sequenciamento de meu genoma e descobri que essa minha sensibilidade exagerada está associada à variação que carrego no gene CYP1A2.

CYP1A2 nos ajuda a degradar toxinas. É também a enzima responsável pelo metabolismo dos 100 mg de cafeína que consumo por dia.

Herdei ainda 263 genes de Neandertais. Um desses variantes reduz minha chance de espirrar após comer chocolate amargo…

E com a ajuda de 2 alunos do laboratório, criamos uma "música" baseada na sequência de meu gene da serotonina.

A bagunça sonora foi publicada na revista Trip e pode ser ouvida com o QR code da edição de maio de 2018.

São curiosidades pessoais retiradas de um portfólio de informações que alguns chamam de "genética de salão".

Informações bem mais relevantes também podem ser retiradas dessa imensa sopa de letrinhas.

Para saber mais, recomendo o ótimo artigo de Marcelo Leite na Folha de 10 de março: "Conhecer o próprio genoma envolve surpresas e decepções".

Deveríamos nos distrair menos com tweets nonsense sobre golden shower ou surubão de Noronha, prestando atenção no impacto cada vez maior da ciência em nossas vidas, seja para antecipar o risco de algumas doenças ou para explicar porque muitos não têm pêlo nas costas.

Imagem: https://www.artbiobrasil.org/dna-art

Sobre o Autor

"Stevens Rehen é um neurocientista brasileiro, coordenador de pesquisa do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e professor titular do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ. Também é Membro do Comitê Científico do Museu do Amanhã, Membro do Conselho Científico do Instituto Serrapilheira, Embaixador ASAPbio, Chair do Comitê Brasileiro da Pew Charitable Trust Latin American Program in the Biomedical Sciences, Coordenador científico da ArtBio, Membro da Academia de Ciências da América Latina e Membro Afiliado da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS).Prêmio Saúde 10 anos na categoria Saúde Mental e Emocional, Revista Saúde e Editora Abril (2015), Prêmio Faz Diferença, Jornal O Globo (2011), As 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2009 e novamente em 2011 (Revista Época). Os 8 brasileiros que estão moldando positivamente o futuro do país (Revista Fora de Série), Jornal Brasil Econômico, 2009. Contato para palestras, eventos e institucionais: srehen@uol.com.br"

Sobre o Blog

O cotidiano de um cientista no Brasil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Stevens Rehen