Topo
Blog do Stevens Rehen

Blog do Stevens Rehen

Categorias

Histórico

Reflexões sobre o início de 2019 do ponto de vista de um cientista

Stevens Rehen

10/03/2019 18h17

Terminado o Carnaval, Feliz (?) Ano Novo…

O ano começou dolorido, e o que mais dói é saber que tragédias vividas poderiam ter sido evitadas, se houvesse mais credibilidade nos fatos, nas estatísticas e na ciência.

Tanto a escassez de recursos quanto o excesso de burocracia ou a dificuldade de importação de insumos são impeditivos ao progresso da ciência brasileira, entretanto, aliado a esses desafios tangíveis, vivemos um outro tão grande quanto. 

Há um movimento anti-intelectualista que desvaloriza a formação acadêmica e impede que tomadas de decisão sejam baseadas em fatos, em estatísticas, em ciência. 

O descaso com o meio ambiente associado a um modelo predatório de desenvolvimento do caso Brumadinho é o exemplo mais recente.

Nos tem faltado base científica para debater as principais questões do país e do planeta. 

Aquecimento global, guerra às drogas, posse/porte de armas, políticas de saúde definidas por ideologia não deveriam ser conduzidos assim.

Enquanto meio mundo avança em tecnologia e medicina da cannabis, com consequente geração de empregos e redução de violência, por motivações não científicas, estamos perdendo oportunidades de pesquisa e empreendedorismo. 

Por tudo isso, o maior desafio da ciência brasileira talvez seja se popularizar mais. 

Como Alain de Botton gosta de dizer "popularizar a informação relevante é essencial, senão a sociedade continuará a responder somente ao trivial, porque o trivial é sempre muito popular". 

Ciência é informação relevante que precisa ganhar o público, senão não haverá apoio social ou da classe política para equacionar nem o básico para fazer pesquisa: dinheiro e agilidade.

Imagem: reconstrução de minicérebro humano (Livia Goto, Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino, dados inéditos)

Sobre o Autor

"Stevens Rehen é um neurocientista brasileiro, coordenador de pesquisa do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e professor titular do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ. Também é Membro do Comitê Científico do Museu do Amanhã, Membro do Conselho Científico do Instituto Serrapilheira, Embaixador ASAPbio, Chair do Comitê Brasileiro da Pew Charitable Trust Latin American Program in the Biomedical Sciences, Coordenador científico da ArtBio, Membro da Academia de Ciências da América Latina e Membro Afiliado da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS).Prêmio Saúde 10 anos na categoria Saúde Mental e Emocional, Revista Saúde e Editora Abril (2015), Prêmio Faz Diferença, Jornal O Globo (2011), As 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2009 e novamente em 2011 (Revista Época). Os 8 brasileiros que estão moldando positivamente o futuro do país (Revista Fora de Série), Jornal Brasil Econômico, 2009. Contato para palestras, eventos e institucionais: srehen@uol.com.br"

Sobre o Blog

O cotidiano de um cientista no Brasil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Stevens Rehen