Topo
Blog do Stevens Rehen

Blog do Stevens Rehen

Categorias

Histórico

Você nunca será livre sem usar a ciência

Stevens Rehen

26/06/2019 09h10

Bolsonaro desenterra campanha fracassada contra as drogas de 35 anos atrás.

Ontem o governo brasileiro lançou peça publicitária semelhante à campanha ineficaz de Reagan para a prevenção ao uso de drogas.

"Diga não às drogas" foi a campanha publicitária da "Guerra às Drogas" dos EUA, durante os anos 80 e início dos 90.

Seu objetivo era desencorajar crianças e adolescentes no consumo de drogas ilegais.

A campanha não obteve o efeito desejado, impediu que jovens recebessem informações precisas sobre como lidar com o abuso de drogas, além de exacerbar o encarceramento em massa.

A afirmação falaciosa do Ministério da Cidadania de que há uma "epidemia de drogas ilícitas" no Brasil ignora pesquisa da Fiocruz que custou 7 milhões de reais e demonstrou o contrário.

O governo "não acredita" que a droga mais prevalente e preocupante do Brasil é o álcool e, talvez por esse motivo, seu ministro Osmar Terra fez desaparecer sites de pesquisas sobre drogas.

Enquanto o Brasil retrocede na política de prevenção, focando na internação involuntária, financiamento de serviços religiosos voltados para abstinência e sem qualquer sinal de regulamentar a produção nacional de maconha medicinal, os Estados Unidos já discutem as normativas para o uso terapêutico de psicodélicos, inclusive como medicina preventiva – e este é o país que inventou a Guerra às Drogas…

Nossa liberdade segue ameaçada pela falta de acesso à informação e desconstrução de tudo que nos dê a razão, principalmente a ciência.

Imagem: peça publicitária da campanha norte-americana de guerra às drogas, governo Reagan.

Sobre o Autor

"Stevens Rehen é um neurocientista brasileiro, coordenador de pesquisa do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e professor titular do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ. Também é Membro do Comitê Científico do Museu do Amanhã, Membro do Conselho Científico do Instituto Serrapilheira, Embaixador ASAPbio, Chair do Comitê Brasileiro da Pew Charitable Trust Latin American Program in the Biomedical Sciences, Coordenador científico da ArtBio, Membro da Academia de Ciências da América Latina e Membro Afiliado da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS).Prêmio Saúde 10 anos na categoria Saúde Mental e Emocional, Revista Saúde e Editora Abril (2015), Prêmio Faz Diferença, Jornal O Globo (2011), As 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2009 e novamente em 2011 (Revista Época). Os 8 brasileiros que estão moldando positivamente o futuro do país (Revista Fora de Série), Jornal Brasil Econômico, 2009. Contato para palestras, eventos e institucionais: srehen@uol.com.br"

Sobre o Blog

O cotidiano de um cientista no Brasil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Stevens Rehen